"Na almofada do mal é Satã Trismegisto/ Quem docemente nosso espírito consola". "É o Diabo que nos move e até nos manuseia!" Religioso a seu modo, pagão e satanista, Charles-Pierre Baudelaire (1821-1867) é considerado o pai do simbolismo francês, movimento cuja origem os críticos localizam exatamente no livro As Flores do Mal, de 1857. Na França, a obra de Baudelaire reverbera na poesia de outros poetas "malditos", como Arthur Rimbaud, Paul Verlaine e Stéphane Mallarmé. Saiba mais sobre o autor.

AUTORES DO TANGRAM
Parabéns, Tangram das Ideias!, por Lucimara Fernandes

COLUNA BOLHAS E ESCOLHAS
Oportunidades, por Heloisa Rezende

TEIA DE IDEIAS: AUTORES CONVIDADOS
Clínica Veterinária, por Silvio Prado
Objeto Mulher, por Guerá Fernandes
Entendendo o Amor, por Meyre Lapido
Filho do Nada, por Paola Martins
Poema Medíocre, por André Bianc
O amor, por Diogo Santana Malosti
Doida desvairada, por Lilian Farias

TANGRAM AGENDA CULTURAL
Teatro: Por trás dos sutiãs Centro Cultural Taubaté

TANGRAM IMAGENS: VÍDEO